Scrolling Headlines:

UMass hockey returns home to battle juggernaut Northeastern squad -

January 18, 2018

Slow start sinks Minutemen against URI -

January 17, 2018

UMass three-game win streak snapped in Rhode Island humbling -

January 17, 2018

Trio of second period goals leads Maine to 3-1 win over UMass hockey -

January 16, 2018

Small-ball lineup sparks UMass men’s basketball comeback over Saint Joseph’s -

January 14, 2018

UMass men’s basketball tops St. Joe’s in wild comeback -

January 14, 2018

UMass women’s track and field have record day at Beantown Challenge -

January 14, 2018

UMass women’s basketball blows halftime lead to Saint Joseph’s, fall to the Hawks 84-79. -

January 14, 2018

UMass hockey beats Vermont 6-3 in courageous win -

January 13, 2018

Makar, Leonard score but UMass can only muster 2-2 tie with Vermont -

January 13, 2018

Pipkins breaks UMass single game scoring record in comeback win over La Salle -

January 10, 2018

Conservative student activism group sues UMass over free speech policy -

January 10, 2018

Report: Makar declines invite from Team Canada Olympic team -

January 10, 2018

Prince Hall flood over winter break -

January 10, 2018

Minutemen look to avoid three straight losses with pair against Vermont -

January 10, 2018

Men’s and women’s track and field open seasons at Dartmouth Relays -

January 10, 2018

Turnovers and poor shooting hurt UMass women’s basketball in another conference loss at St. Bonaventure -

January 8, 2018

Shorthanded, UMass men’s basketball shocks Dayton with 62-60 win -

January 7, 2018

Northampton City Council elects Ryan O’Donnell as new council president -

January 7, 2018

UMass power play stays hot but Minutemen lose 8-3 to UMass Lowell -

January 7, 2018

Um segundo estudante foi diagnosticado com meningite bacteriana na universidade

Collegian File Photo)

Escrito por Abigail Charpentier

Traduzido por Stephanie Alves

Editado por Vanessa De Souza Soare

Um segundo caso de meningite bacteriana foi diagnosticada no domingo, de acordo com um e-mail enviado pelo Dr. George A. Corey, diretor executivo da University Health Services (UHS).

A atualização enviada na terça-feira de manhã disse que o estudante diagnosticado estava vivendo dentro da universidade em um dormitório e agora está em condição estável em um hospital da área.

“Estão sendo fornecidos antibióticos prudentes e eficazes que podem reduzir a possibilidade de infecção”, disse Corey no e-mail.

Ele também afirmou que o estudante não teve contato direto com o aluno diagnosticado em 24 de outubro, o que eleva o nível de preocupação dentro do centro de saúde.

“A UHS está trabalhando com autoridades de saúde pública federais e estaduais, e estaremos atualizando o conselho quando mais informações estiverem disponíveis”, afirmou Corey.

O e-mail também forneceu atualização sobre o status do aluno previamente diagnosticado, confirmando um caso de uma infecção de sorogrupo tipo B.

“O sorogrupo tipo B não está dentre os tipos que a vacina exigida pela faculdade contra a meningite atinge, que cobre tipos A, C, Y e W,” disse Corey. “Portanto, como medida de precaução, os alunos podem receber a vacina do sorogrupo tipo B, que está disponível no UHS através de consultas marcadas.”

Devemos saber qual tipo de sorogrupo o segundo aluno contraiu dentro de um ou dois dias, de acordo com Ann Becker, enfermeira de saúde pública da UHS e coordenadora da unidade da Medical Reserve Corps.

Numa conferência de imprensa na terça-feira à tarde, Corey confirmou que a UHS tem a vacina em quantidade suficiente para os alunos e “estão totalmente prontos para imunizar todos aqueles que desejam para reduzir o risco de infecção.”

Corey disse que a vacina requer duas doses com um mês de intervalo. A UHS está ativamente recebendo chamadas, agendamentos de consulta e oferecendo a vacina.

Ann Becker disse que cerca de 40 estudantes receberam antibióticos profiláticos, depois de ter estado em contato com o primeiro estudante diagnosticado em outubro. Becker também disse que o mesmo estudante ainda está no hospital e está “muito melhor.”

Becker deu uma breve descrição da doença meningocócica, dizendo que casos nos Estados Unidos têm diminuído. O tipo B, que é predominante em outros países, veio para os Estados Unidos no início dos anos 2000. A vacina para o tipo B também veio do exterior, e foi aprovada pela Food and Drug Administration (FDA). A vacina está disponível na UHS desde os últimos dois anos.

Becker disse que a vacina para o tipo B teria que se tornar mandatória pelo departamento de saúde do estado antes de ser imposta como um requisito para todos estudantes entrando na universidade.

Guan (Raymond) Chen, um senior de língua e literatura japonesa e ciências da computação achou “surpreendente que existam dois casos isolados.”

Chen não planeja tomar a vacina para o sorogrupo tipo B.

“Eu sei que provavelmente deveria, mas não é uma grande preocupação para mim agora”, disse ele.

“Eu gostaria que eles tornassem público o dormitório em que o estudante estava, porque se fosse perto do meu, seria provável que eu tomaria a vacina”, disse Chen.

Anna Charteris, uma junior de antropologia, pensa que “é um pouco assustador.”

Considerando que ela vive fora dos dormitórios universitários, ela não está muito preocupada, mas acha que é estranho que os dois estudantes não tiveram contato qualquer um com o outro.

“Não acho que vou tomar a vacina “, disse Charteris, mas ela planeja lavar as mãos constantemente e usar desinfetante bactericida.

Muhammad Hakim é um estudante calouro que foi transferido de uma universidade na Malásia e não sabe muito sobre esta doença, mas está pensando em tomar a vacina como medida de precaução. O estudante de segundo ano de engenharia elétrica disse: “Eu acho que vou receber a vacina apenas como cautela… Eu acho que seria bom tomar esta vacina.”

Hakim encorajou todos a tomarem precauções adequadas.

“As pessoas devem tomar as vacinas”, disse ele. “Eu acho que é melhor você estar preparado para esses tipos de situação.”

Abigail Charpentier pode ser contatada através de acharpentier@umass.edu e seguida no Twitter @abigailcharp.

Leave A Comment