Departamento de Bombeiros de Amherst comemora 11/9

“Estes bombeiros, policiais, todos eles estão prontos para proteger todos vocês”

%28Will+Katcher%2FDaily+Collegian%29
Back to Article
Back to Article

Departamento de Bombeiros de Amherst comemora 11/9

(Will Katcher/Daily Collegian)

(Will Katcher/Daily Collegian)

(Will Katcher/Daily Collegian)

(Will Katcher/Daily Collegian)

By Morgan Reppert, Drew Sullivan, and Gabriella Lalli Martins

Hang on for a minute...we're trying to find some more stories you might like.


Email This Story






Mesmo que o dia 11 de setembro de 2001 seja normalmente lembrado como um dia de escuridão, o Reverendo Bruce Arbour conseguiu encontrar um pouco de luz na comemoração deste ano

Dezoito anos atrás contando de ontem, um Boeing 767 da American Airlines voou para dentro da Torre Norte do World Trade Center em Nova Iorque, marcando o começo dos trágicos ataques terroristas relembrados todo setembro nos EUA e ao redor do mundo.

Como capelão do Departamento de Bombeiros de Amherst na epoca do ataque, Arbour viajou ao lado dos bombeiros para Nova Iorque, onde bombeiros, políticos e outras socorristas vieram para servir a cidade na sequência do ataque.

Na quarta-feira, Arbour recontou suas experiências e as pessoas que ele conheceu como socorrista no memorial de 11/9 do DBA (Departamento de Bombeiros de Amherst) ao Central Fire Station na rua de North Pleasant.

“Eu tinha falado com um bombeiro que realmente perdeu sua equipe atrás dele. Antes de sair da porta, sua equipe ficou presa no colapso. Ele não sabia se conseguiria continuar trabalhando,” Arbour disse

Embora Arbour só estivesse em Nova Iorque por uma semana, a experiência nunca o deixou. Quatro anos depois do serviço dele como socorrista, Arbour viu bombeiros da tragédia passando em seus caminhões de bombeiros pela Times Square, “ainda de macacão.”

“Muitas coisas surpreendentes como essa aconteceram,” Arbour disse

O chefe dos bombeiros de Amherst, Walter O. “Tim” Nelson, também compartilhou algumas palavras.

“Estes bombeiros, policiais, todos eles estão prontos para proteger todos vocês. É nosso dever mantê-los seguros, é sua responsabilidade se lembrar,” ele disse

Durante a cerimônia, a bandeira voou a meio mastro. Depois que Arbour e Nelson falaram, o sino nas estações começou a tocar. Todas as conversas paralelas chegaram ao fim e mais alguns participantes se juntaram as grupo. Uma onde de solenidade podia ser sentida na multidão.

A mensagem de Arbour soou verdadeira: “Para lembrar neste dia, nosso desejo de segurar e sustentar a luz que iluminou o lugar de desastre, lugar de perda, porque a esperança nunca foi perdida e a honra sempre foi mantida, esteja conosco enquanto nos lembramos”

Morgan Reppert pode ser contatada através do [email protected] e no Twitter @reppertmorgan.

Drew Sullivan é tradutor de Português do Collegian e pode ser contatado através do [email protected]

Gabriella Lalli Martins é editora de Português do Collegian e pode ser contatada através do [email protected]