Editorial: Por que nós traduzimos

Sua voz. Seu idioma. Seu jornal.

Back to Article
Back to Article

Editorial: Por que nós traduzimos

By Editorial Board and Portuguese Staff

Hang on for a minute...we're trying to find some more stories you might like.


Email This Story






No site do Massachusetts Daily Collegian, você pode achar artigos publicados em um mosaico de línguas – nove, para ser exato: chinês, inglês, francês, alemão, italiano, japonês, português, russo e espanhol. Todas essas línguas são faladas na Universidade de Massachusetts e em grande parte da área ao redor, e nós sentimos que é importante oferecer aos estudantes acesso às notícias na língua que se sintam mais confortáveis lendo, qualquer que ela seja.

Com mais de 60 idiomas e dialetos falados no campus e no Vale dos Pioneiros, por que o jornal oficial dos estudantes da UMass deveria publicar apenas em inglês? Se hospitais, delegacias de polícia e outros serviços públicos oferecem intérpretes, o Collegian também pode tornar a informação acessível em mais de uma língua.

Em 2016, a equipe do Collegian publicou uma declaração de propósito: “Como um jornal independente dirigido por estudantes e uma imprensa responsável, o Massachusetts Daily Collegian se esforça para ser uma fonte imparcial de verdades a fim de responsabilizar a si mesma e a outras instituições. Temos a responsabilidade de retratar uma vasta variedade de vozes e criar uma plataforma pública para críticas e compromissos. Através de práticas jornalísticas cheias de nuances, esperamos aprender, educar e envolver a comunidade maior”.

Um ano mais tarde, quando concordamos que mudar para uma forma primariamente digital, ajudaria o Collegian a servir melhor a comunidade, perguntamos a nós mesmos, por que só publicamos em inglês? Não poderíamos dizer que estávamos cumprindo a missão do Collegian se não trabalhássemos para ver o Collegian se tornar um jornal que espelha a comunidade multilíngue que serve.

Enquanto a Universidade continua a ser um espaço para suásticas, insultos homofóbicos, ameaças raciais e violações da Lei dos Direitos Civis de 1964, o Collegian continuará a ser uma plataforma para as vozes dos estudantes e informação – por meio das quais tomamos decisões informadas. Nossa responsabilidade é garantir que todos os leitores possam acessar e usar essas informações com facilidade. Ao fornecer nossos artigos em várias línguas online, defendemos firmemente esse papel.

Nós traduzimos porque acreditamos em mais do que fornecer acesso à informação; nosso objetivo é fornecer com equidade. No topo do jornal, o nosso cabeçalho diz “Uma imprensa livre e responsável”, e no topo do nosso site, “Uma imprensa livre e responsável servindo a comunidade UMass desde 1890.” Nossos leitores devem sentir que vivemos de acordo com essas declarações. Temos um caminho longo a percorrer para tornar o jornal verdadeiramente representativo do corpo estudantil; isso é apenas o começo.

Sua voz é essencial.

Esse editorial não assinado representa a opinião da maioria da Diretoria Editorial do Massachusetts Daily Collegian, cujos membros podem ser encontrados através do [email protected]